Em Promoção

Vinho Branco Alves de Sousa Reserva Pessoal 2012

Preço de saldo

Preço normal €37,72
Apenas 3 em stock, compre já.
( / )
Colheita: 2012
País de Origem: Portugal
Região: Douro
Capacidade: 0,75 l
Teor Alcoólico: 12.5º
Castas: Gouveio|Malvasia Fina|Viosinho
Clique em para ser notificado por e-mail quando Vinho Branco Alves de Sousa Reserva Pessoal 2012 ficar disponível.

Este site está protegido pela Política de privacidade da reCAPTCHA e da Google e aplicam-se os Termos de serviço das mesmas.

Este site está protegido pela Política de privacidade da reCAPTCHA e da Google e aplicam-se os Termos de serviço das mesmas.

Vinho Branco Alves de Sousa Reserva Pessoal 2012 vem da produção de vinhos que é uma tradição familiar para Domingos Alves de Sousa: o seu pai (Edmundo Alves de Sousa) e avô (Domingos Alves de Sousa) tinham já sido vitivinicultores do Douro. Mas Domingos Alves de Sousa abraçou a princípio um outra carreira. Tendo-se licenciado em Engenharia Civil, não resitiu porém ao duplo apelo (da terra e do sangue), e abandonou a sua actividade em 1987 para se dedicar em exclusivo à exploração das quintas que lhe couberam em herança e a outras que posteriormente adquiriu, nas quais tem vindo a executar um trabalho modelar de emparcelamento e de reestruturação das vinhas. A evolução da sua actividade vitivinícola reveste-se de aspectos interessantes, quase paradigmáticos e merece um pouco de história.

A Quinta da Gaivosa, que sempre teve uma grande tradição de vinhos brancos. Por muitos anos a família Alves de Sousa usou as suas uvas para fazer vinhos do Porto brancos para algumas das mais importantes casas de Gaia. O iniciar da produção de vinhos do Douro brancos implicou contudo mudanças profundas nas vinhas de forma a procurar a frescura e a mineralidade nos Douros brancos. Contudo, ali estavam ainda as vinhas velhas de Porto branco, no pico da sua maturidade. Sabendo que o carácter natural das uvas era bem diferente das de um branco clássico pensou-se então ao invés de contrariar essa vocação natural porque não enaltecê-la? Este foi o ponto de partida para um dos vinhos mais singulares alguma vez criados por Alves de Sousa. Um vinho que reflecte um Douro vigoroso, fruto da rudeza das vinhas velhas, exacerbado por um tratamento invulgar, mas condizente com a sua natureza única. É o Douro do Alves de Sousa Pessoal branco.